A dança sem limites da Gira Dança

setembro 11
A dança sem limites da Gira Dança

A promoção da igualdade e diversidade dos corpos é um grande desafio nos tempos atuais, quando há uma perseguição para a conquista de  corpos perfeitos esculpidos em horas de academia e dieta rigorosa. Na contramão dessa ditadura da beleza surge um trabalho diferenciado desenvolvido pela Companhia Gira Dança (RN), que mostra através da dança contemporânea a importância da diversificação.

Em cena bailarinos ampliam o sentido da arte e mostram um trabalho que sensibiliza a todos. A proposta é dismistificar  as diferenças e celebrar a vida. Em Porto Velho, a Companhia Gira Dança apresentou dois espetáculos: “Sobre todas as coisas” e “Proibido Elefantes” e trouxe a tona questões como acessibilidade e preconceito.

A Gira Dança trabalha com dança contemporânea e conforme descrição em sua página “tem como proposta artística ampliar o universo da dança através de uma linguagem própria, utilizando o conceito do corpo diferenciado como ferramenta de experiências.”

10620630_922974401109879_1566705305499294835_n 11998959_922974197776566_9180413236615983027_n 11988576_923787281028591_8685657734224354008_n 10603749_922973924443260_7081308405944737460_n

A dança contemporânea pode ser praticada por qualquer pessoa, vai além da coreografia e traz para cena momentos de reflexão, onde o espectador fica se questionando sobre a utilização dos movimentos e o seu significado.

Porto Velho aplaudiu de pé a sensibilidade mostrada nas duas apresentações e o público que dedicou seu tempo a arte foi presenteado com dois espetáculos belíssimos.

LEIA TAMBÉM:

Vamos dançar?

Crianças em casa: 7 atividades para fazer com os pequenos na quarentena

O resgate da identidade cultural pela dança

Dydyo Refrigerantes