whatsapp-imagem

Basquetebol: regras básicas para aprender e começar a praticar
16 de agosto de 2021

O basquetebol é um dos esportes coletivos mais praticados dentro e fora do Brasil. O objetivo do jogo é conseguir fazer a bola passar por dentro da cesta do time adversário. O que parece ser tão fácil, na verdade, é regido por diversas exigências que devem ser cumpridas ao longo do jogo. Vamos conhecer mais sobre as regras do basquetebol?

Regra n° 1: tamanho da quadra

A quadra tem medidas oficiais de 28 metros de comprimento por 15 metros de largura. As linhas que formam o retângulo não são consideradas partes da quadra.

A cesta fica na área de defesa do time, com uma distância de 3,05 m do chão. Todos os pontos e traços marcados no chão da quadra, próximos à cesta têm um significado e falaremos mais no tópico sobre pontuação.

Regra n° 2: formação do time

Cada time de basquetebol precisa ter 5 jogadores. Assim, uma partida conta com 10 atletas no total. No banco de reservas, precisam estar disponíveis entre 3 e 7 jogadores, no máximo.

Regra n° 3: início da partida

A partida começa no centro da quadra, com o técnico jogando a bola para cima, enquanto um jogador de cada equipe tenta pegá-la.

Regra n° 4: duração da partida

Cada partida dura 40 minutos, divididos em blocos de 10 minutos cada. Quando a bola sai da quadra, o relógio é pausado. É por isso que muitas partidas de basquete duram bem mais do que 40 minutos. Se a bola não está em jogo, se houver alguma falta que pare o jogo, o relógio para de marcar o tempo e retorna quando tudo voltar tudo estiver resolvido.

Aqui temos uma diferença bem interessante em relação a uma partida de futebol, em que o relógio continua marcando o tempo e, só no final, o juiz concede alguns minutos extras para compensar períodos de longa pausa no jogo.

Outra característica em relação ao tempo no basquete é que um arremesso continua valendo, mesmo após o final da partida. Por exemplo, se um jogador arremessa uma bola para a cesta adversária no último segundo do jogo, o ponto dele é aceito mesmo que seja ultrapassado o tempo de partida.

Regra n° 5: Pontos

Agora vamos a uma das dúvidas mais comuns quando falamos em regras do basquete. Muita gente acha que toda bola que entra na cesta vale um ponto com o mesmo valor, mas não é assim que funciona. As marcações na quadra nos ajudam a entender melhor isso.

As cestas, como são chamados os arremessos que se tornam pontos, podem valer 3, 2 ou 1 ponto. As cestas que valem 3 pontos são aquelas efetuadas pelo jogador fora do meio círculo que fica na defesa de cada lado da quadra. É um pouco mais difícil, por isso, o ponto vale mais.

As cestas que valem 2 pontos são aquelas efetuadas dentro do meio círculo, que são um pouco mais acessíveis aos jogadores em termos de distância do alvo, no caso, a cesta.

Por fim, temos a cesta que vale 1 ponto. São os lances livres, efetuados de um ponto fixo da quadra e que derivam de alguma penalidade, ou seja, faltas.

Regra n° 6: faltas ou penalidades

Existem basicamente dois tipos de faltas: físicas e técnicas. As faltas físicas acontecem quando um jogador toca o outro, impedindo a sua jogada, seja para outro colega do time ou para a cesta. Por isso, os jogadores devem marcar seus adversários com as mãos para trás ou para cima. Os braços não podem ficar abertos na tentativa de impedir a passagem do outro.

Já as faltas técnicas acontecem quando o jogador comete algum ato de insubordinação dentro da quadra, seja contra as regras gerais do jogo ou atingindo diretamente outro jogador. Em resumo, seria um mau comportamento do jogador.

Cada atleta pode cometer até 4 faltas físicas e permanecer no jogo. Após a quinta falta, ele é expulso da partida. No caso das faltas técnicas, 2 falhas do jogador já o elimina do jogo. Contudo, diferente do futebol, o atleta expulso pode ser substituído. Assim, o time não fica desfalcado.

Temos também as faltas por equipe, que envolvem todos os jogadores. Cada equipe pode cometer até 5 faltas por cada tempo de 10 minutos. A partir da 6ª falta, a equipe adversária tem direito a dois lances livres que, como vimos, valem 1 ponto cada um.

Regra n° 7: lances livres

Como vimos, os lances livres são arremessos de um ponto fixo na quadra e que acontecem quando o jogador sofre alguma penalidade. O número de lances livres a que esse jogador tem direito depende do tipo de falta que ele recebe.

Assim, se o jogador sofrer uma falta comum, ele tem direito a um lance livre. Se a falta o impediu de completar uma cesta, o jogador pode fazer dois lances livres. E, se a falta não permitiu que o jogador fizesse uma cesta de três pontos, ele terá direito à execução de três lances livres.

Regra n°8: reposição da bola na quadra

Quando acontece a cesta, a bola deve voltar ao jogo pelo fundo da quadra e a posse é da equipe que sofreu o ponto. Já quando ocorre uma falta, a reposição é pela lateral da quadra.

Regra n° 9: regra dos segundos

Já deu para perceber que cada segundo no basquete vale muito. Uma partida pode ser definida no segundo final do jogo. E os segundos também são usados para controlar a posse e o uso da bola dentro da quadra. Veja só:

3 segundos: é o tempo máximo que o jogador, sem a posse da bola, pode ficar dentro da área de defesa do outro time, chamada de garrafão.

5 segundos: é o tempo máximo que o jogador pode ficar com a bola em mãos, antes de arremessá-la a um colega.

8 segundos: é o tempo que a equipe tem disponível para fazer um ataque ao time adversário.

24 segundos: é o máximo de tempo disponível que a equipe tem para arremessar a bola na cesta.

Regra n° 10: não tem empate

No basquetebol, o jogo não pode terminar empatado. Se isso acontecer, os times têm mais 5 minutos de jogo para decidir quem é o vencedor.

Essas são as regras básicas do basquetebol para quem deseja aprender e praticar o esporte. Dá para notar que é um jogo que exige bastante foco, concentração, rapidez, estratégia e afinidade com o restante da equipe. Agora é a sua vez. Pega a sua água Kaiary, chama a galera, corre pra quadra e ponha em prática tudo que aprendeu aqui. Vamos lá?

Dydyo Refrigerantes - Shopping

Produtos Exclusivos Dydyo

Só escolher o produto que entregamos pra você em todo estado de Rondônia e o melhor, com Frete Grátis!

Saiba Mais

Compartilhar

Mais Notícias

Festa de lançamento do Gin Limão em Porto Velho foi um sucesso!

A Festa de lançamento do Gin Limão em Porto Velho que aconteceu no dia 03/09 na Theodoro’s

Quais os benefícios do esporte na adolescência?

Dados obtidos pela OMS (Organização Mundial da Saúde), em uma pesquisa realizada em 2019,

Colaboradores Dydyo participam do Rally a Pé da Amazônia

Equipe OU MAIS ficou em segundo lugar na competição. Com a tradição de incentivar ações