Como controlar a alimentação das crianças na quarentena?

julho 08
Como controlar a alimentação das crianças na quarentena?

Em tempos de quarentena, não se pode descuidar da saúde das crianças não é mesmo?

E o primeiro passo é controlar a alimentação deles durante este período de confinamento, já que muitas famílias tiveram que criar  uma nova rotina, de alimentação da família, especialmente das crianças, que normalmente faziam algumas refeições na escola e agora têm que fazer todas as refeições em casa.

Vamos te dar dicas super bacanas neste artigo para que a saúde alimentar dos pequenos se mantenha mesmo na quarentena.

A importância de uma boa alimentação na quarentena

Manter a alimentação das crianças saudável também no período da quarentena é muito importante tanto para manter o sistema imunológico fortalecido, quanto para prevenir a obesidade infantil.

Como as atividades físicas praticamente não estão acontecendo, as crianças estão gastando menos energia, pois ficam apenas dentro de suas residências.

Claro que estando em casa o tempo todo a alimentação acaba caindo naquele clima de férias. Proibir um alimento pode causar aquela sensação de “proibido é o mais gostoso”, então evite proibições radicais.

Você pode sim dar guloseimas, porém com parcimônia. Faça um acordo com as crianças: permita uma pipoca fora de hora, ou de vez em quando aquele salgadinho ou bolacha recheada que eles adoram.Mas lembre-se, sem exageros.

Uma boa pedida é que quando a criança for comer algum salgadinho ou biscoito, divida-os em pequenas porções, pois sem acesso ao pacote inteiro, é mais fácil evitar exageros.

O ideal é que você baseie as refeições dos pequenos na Pirâmide Alimentar preparada pelo Departamento de Nutrologia da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Essa pirâmide indica o grupo de alimentos e o número de porções diárias de acordo com a faixa etária dos seus filhos, lembrando que quanto mais colorido o prato da criança , mais equilibrado é saudável ele é!

E para que você consiga controlar as guloseimas é manter a alimentação das crianças saudável durante o período de isolamento, aí vão algumas dicas:

Crie uma rotina alimentar

Crie uma rotina fixa de alimentação, com horários definidos, já que isso reduz o risco da criança querer dar aquela “beliscadinha” entre as refeições, ou seja, comer aquela coisa mais calórica e não tão saudável assim.

Você pode permitir uma refeição leve entre café e o almoço, outra entre o almoço e janta e uma ceia antes de dormir. Fora esses momentos tente controlar esses lanchinhos.

Tente manter os horários de café da manhã, almoço e jantar sempre bem regulados. Isso é algo que toda criança, uma rotina bem estabelecida seja alimentar ou para outras atividades também.

Refeições em família são mais gostosas!

Procure realizar as refeições com a família reunida, sempre que for possível, ou pelo menos uma vez ao dia, com todo mundo sentado junto para comer. Ou seja, faça que a hora da refeição seja um momento agradável e divertido, além de estreitar laços afetivos, algo importante nesse momento.

O hábito de comer junto com os adultos também dá às crianças a chance de aprender novos hábitos alimentares através do exemplo dos pais ou familiares.

E nada de assistir televisão ou levar celular, tablet ou outros eletrônicos para a mesa na hora da refeição ok?

Pode parecer inofensivo, mas a criança não presta atenção no que está comendo e ainda perde a oportunidade de experimentar algo novo, além de não desenvolver a auto regulação na comida para não exagerar.

Torne a alimentação divertida

Tenho certeza que você já viu na internet aqueles pratos que formam carinhas engraçadas  ou até objetos com os alimentos? Isso pode incentivar os pequenos a provarem alimentos que muitas vezes eles não aceitam tão bem.

Tente apresentar para os pequenos pratos divertidos. Busque fazer da montagem do prato um momento de interação,  uma verdadeira brincadeira. Invente formatos nos pratos, construa paisagens e envolva-os o máximo possível nisso.

Envolver as crianças nestes preparos é uma forma bacana  de incentivá-las a comer alimentos mais saudáveis e nutritivos, e cria memórias afetivas com a comida que certamente eles levarao para a vida com muito carinho.

Uma boa alternativa também é disfarçar aquilo que a criança se recusa a comer, mesclando-o com outros alimentos.

Frutas e legumes estão liberados

Para quando bater aquela fome fora de hora, procure deixar sempre frutas prontas, descascadas, fatiadas ou cortadas na geladeira à disposição da criança para ela consumir nestas ocasiões.

Você pode fazer o mesmo com legumes cozidos! Como estarão prontos pra consumir é mais provável que a criança opte por esses alimentos no lugar de doces,devido a praticidade.

Para não  faltar esses alimentos, programe-se com a lista do mercado ou da feira, pois para evitar a circulação nas ruas, as famílias diminuíram consideravelmente suas saídas para compras, indo menos vezes na semana.

Nesse caso, portanto, optando os produtos com prazo de validade maior que muitas vezes são escolhidos em detrimento dos alimentos perecíveis como frutas, verduras e legumes, o que compromete a boa alimentação das crianças.

Por isso, ao comprar os produtos de hortifruti, busque mesclar alguns mais maduros, para consumo imediato e outros que levem mais alguns dias para estar prontos a fim de que sua despensa não fique desabastecida de alimentos saudáveis.

Assim, você garante a alimentação ideal até a próxima ida ao supermercado.

A hidratação não deve ser esquecida

Lembre-se de oferecer água, muita água. É não só para as crianças, isso vale para você e os outros adultos da casa também.

Para te ajudar a lembrar de beber água e oferecer aos pequenos também existem aplicativos de celular que enviam lembretes programados de hora em hora se você quiser.

Como as frutas e legumes são ricas em fibras solúveis, é necessário que a hidratação seja constante e regular.

E lembre-se que água não deve ser substituída por outras bebidas.

Nessas horas, uma ótima parceira da hidratação é a água mineral Kaiary, natural e refrescante como sua família precisa!

Se você gostou deste artigo, compartilhe com outros pais e mães! Aproveite e confira nosso artigo com atividades para as crianças na quarentena.

Siga o Instagram da Águas Kaiary para dicas de saúde e importância da consumo regular de água!

Continue lendo…

Crianças em casa: 7 atividades para fazer com os pequenos na quarentena

Quarentena: 5 dicas de filmes para assistir em família

10 sites para imprimir desenhos e colorir

Desafio Marvel: ordem cronológica dos filmes

Dydyo Refrigerantes