Conheça as melhores atividades físicas de acordo com a sua idade

março 09
Conheça as melhores atividades físicas de acordo com a sua idade

Não importa a sua idade, fazer atividade física continua sendo uma das melhores práticas que você pode fazer pela sua saúde e para garantir uma vida mais saudável. Mexer o corpo é um hábito simples, fácil de executar, gratuito na maioria das vezes e tudo que você tem que fazer é escolher aquela atividade que melhor se encaixa na sua faixa etária. Veja a seguir as atividades físicas ideais para cada pessoa, de acordo com a idade.

Por que é importante praticar atividade física?
Em dezembro de 2020, a OMS (Organização Mundial de Saúde) definiu novas diretrizes para a prática diária de atividade física. A recomendação agora é que as pessoas pratiquem, no mínimo, 300 minutos de exercícios físicos por semana e não mais 150 minutos, como antes. Isso equivale a pouco mais de 40 minutos por dia.
Sair do sedentarismo é uma atitude saudável para o corpo e para a mente do indivíduo, pois previne doenças, aumenta a sensação de bem-estar e a disposição física, estimula a circulação sanguínea dentre outros benefícios. Por isso, é fundamental se manter em movimento para ter uma vida com mais qualidade.

Qual atividade física melhor se encaixa na sua idade?
Bebês, crianças, jovens, adultos e idosos possuem características e necessidades diferentes. Logo, devem incluir na sua rotina as atividades físicas que melhor atendam a esses requisitos. Confira algumas sugestões.

Crianças de 0 a 2 anos
Como dissemos, a atividade física é importante em todas as fases da vida de um indivíduo, incluindo bebês. Nessa idade, o ideal é que a criança seja estimulada a andar, a se movimentar pela casa e brincar com outras crianças. A natação infantil é uma das atividades mais comuns nesse grupo.
O exercício físico nessa idade estimula a coordenação motora e a descoberta de novas brincadeiras e facilita a interação com outras pessoas.

Crianças entre 3 e 5 anos de idade
Essa é uma das fases mais ativas da criança, mas também é um período muito dedicado às telas como tablets e celulares. Para estimular a criança a se movimentar é importante investir em atividades recreativas, prazerosas. Ir ao parque com frequência já é um bom hábito.
Outras atividades físicas que podem ser pensadas são: natação, bicicleta, triciclo, patinete, futebol etc.

Crianças e adolescentes de 5 a 18 anos
Essa é uma das fases em que a atividade física se torna ainda mais necessária. É o momento certo para prevenir doenças futuras e muito comuns em adolescentes, como a obesidade, por exemplo. Diversifique as atividades ofertadas aos pequenos para estimular e criar o hábito.
Os adolescentes são um pouco mais resistentes à execução diária de exercícios físicos. Por isso, o hábito deve ser criado desde cedo. Além disso, é importante focar em atividades que eles gostem de fazer, como andar de bicicleta, fazer natação, jogar futebol, praticar dança, pular corda e outros esportes.
Pelo menos 1 hora do dia deve ser dedicada à realização de alguma atividade física escolhida pela criança e pelo adolescente.

Adultos com idade entre 18 e 64 anos
A idade adulta é marcada pela rotina corrida e o pouco tempo dedicado ao cuidado com o corpo, especialmente em relação à prática de atividades físicas. Muitas vezes, ter estímulos e força de vontade para encaixar um exercício no dia a dia se torna um desafio.
Contudo, se exercitar também traz muitas vantagens para o público adulto. O exercício físico estimula a memória, ajuda a emagrecer, garante mais disposição e previne doenças que costumam surgir com o passar do tempo como o Alzheimer, o diabetes, a hipertensão e até a depressão.
O ideal é que o indivíduo pratique, pelo menos, 40 minutos de atividade física todos os dias e escolha aquele exercício que ele considera interessante, para que haja menos risco de desistência com o passar do tempo.
Mas, vale ressaltar que os exageros devem ser evitados. Extrapolar o tempo de exercício recomendado na intenção de perder peso, por exemplo, um desejo muito comum nessa faixa etária, pode acarretar mais problemas do que benefícios.
Salvo alguns casos especiais, todos os exercícios físicos podem ser executados por adultos, desde que eles estejam saudáveis e bem-dispostos. Musculação, treinamento funcional, ciclismo, caminhada, corrida, dança, esportes em grupo e muitos outros.

Idosos a partir de 65 anos
Fazer alguma atividade física nessa faixa etária é especialmente interessante porque melhora a qualidade de vida do idoso, aumenta a longevidade, melhora a respiração, a mobilidade e o aspecto cognitivo, reduz os quadros depressivos, fortalece os ossos e os músculos.
Ficar em casa, dormindo, jogando cartas ou vendo TV não é mais uma rotina na vida da maioria dos idosos. Hoje, eles estão muito mais ativos e é realmente o que os especialistas recomendam. O ideal é que idosos também se exercitem por cerca de 60 minutos por dia, atingindo os 300 minutos semanais sugeridos pela OMS.
As atividades sugeridas são natação, hidroginástica, caminhada, alongamento, musculação moderada e yoga, que são exercícios de baixo impacto e que reduzem os riscos de acidentes.

Dicas para a prática de atividade física
Mexer o corpo e sair do sedentarismo é um hábito que deve ser seguido por todos, mas há algumas dicas que favorecem o seu desempenho. Veja mais:

  • Busque orientação de um profissional de educação física, principalmente se optar por um exercício mais pesado. Assim, você evita acidentes e lesões.
  • Esteja sempre muito bem hidratado. Beber água durante o exercício é essencial porque o líquido oxigena o cérebro, fortalece o corpo e melhora o desempenho durante a tarefa. Portanto, esteja sempre com uma garrafa de água Kaiary por perto.
  • Respeite o seu tempo e o seu condicionamento físico. Não adianta exagerar e querer começar a correr de uma hora para outra, por exemplo. Comece aos poucos, até se adaptar e ganhar resistência para aumentar ou dificultar os exercícios.
  • Alimente-se bem. Outro pilar de uma vida saudável é a boa alimentação, com foco em alimentos naturais e redução de industrializados. Sempre que possível, faça substituições saudáveis. Comer bem dá mais disposição para se exercitar e potencializa a atividade.

Como vimos, a atividade física é uma prática que deve ser adotada por todas as pessoas, em todas as fases da vida. Respeitando os limites de cada indivíduo e seguindo as orientações de segurança, é possível encontrar um exercício que seja agradável, seguro e que ofereça bons resultados em todos os aspectos da sua saúde física e mental. Então, não perca mais tempo e inclua agora uma atividade física na sua rotina.

Leia Mais:

A alimentação ideal para quem pratica esportes

10 dicas para conciliar a rotina de trabalho com as atividades físicas

5 dicas de como manter a motivação pra malhar

Dydyo Refrigerantes